Amor e Ódio - laços do passado

Capa de Amor e Ódio

Preço
R$ 35,00

Calcule o Frete
Compartilhe:

AUTORA:
Sara Rifer

272 páginas

ISBN: 978-85-7887-171-3

SINOPSE:

Olívia nasceu e foi criada no Casarão, a sede da Fazenda Grande, numa época em que a cultura escravagista não mais existia. Contudo, à medida que se transformava em uma linda jovem, o afeto que existia entre ela e Essien foi revelando o quão fortes eram os sentimentos de racismo e de preconceito que a sociedade campista preservava em seus corações.Por ser neta do endinheirado coronel João Vicente, o amor que Olívia sentia por Essien – o bisneto do escravo que fora o principal reprodutor do engenho que pertencera ao bisavô paterno de Olívia – estava fadado por regras sociais imposta pela elite, onde brancos e negros; ricos e pobres eram mantidos em mundos opostos.  Como se não bastasse ter que enfrentar o racismo dentro da sua própria casa, Olívia é banida do Casarão logo após o assassinato do seu pai. Tempos depois, foi deserdada sob falsas acusações de desonra à família Melo Brandão, com base na sua união ilegítima com Essien e nas supostas ofensas físicas e morais praticadas contra o próprio pai, no período em que estava enfermo.A vida de Olívia passou a ter um novo sentido: estudar pintura e cuidar do seu marido e da sua filha. Mas, à medida que o tempo passava, ela se percebia mais fraca e desprotegida. Para se sentir viva, Olívia necessitava da proteção do Casarão, que não era apenas o seu lar, mas a fonte de onde saía toda sua força e coragem.Afinal, entre esses dois laços do passado, qual é o mais forte: o Amor ou o Ódio?

ORELHA:

Sara Rifer é uma das boas representantes da moderna literatura fluminense. Com uma prosa sensível e delicada, ela tem resgatado em seus livros a boa tradição da oralidade, dos hábitos e da vida regional.

Campista como José Cândido de Carvalho, também foi buscar em coronéis e casarões rurais da vasta planície goitacá o pano de fundo desse romance intenso, carregado dos contrastes e das riquezas da sua terra.

Honra e tradição, poder e preconceito, amor e ódio se confrontam em uma trama empolgante que certamente irá prender o leitor do começo ao fim do livro através de um enredo costurado em torno de uma personagem central determinada e instigante – Olívia. Uma mulher além do seu tempo, disposta a vencer barreiras e preconceitos.

Amor e Ódio - laços do passado marca a estreia de Sara Rifer pelo selo Nitpress e representa mais uma aposta da editora em seu esforço de promoção e valorização da literatura fluminense.

Luiz Augusto Erthal
Publisher – Nitpress

SOBRE A AUTORA

Após ter construído uma carreira no Magistério, Jussara Ferreira passou a dedicar-se, já aposentada, à escrita de romances como um novo projeto de vida.

Sob o pseudônimo de Sara Rifer, ela lançou Sob a Luz do Farol (2012), Longe de Casa (2013) e, agora, Amor e Ódio – laços do passado.

Pode-se dizer que a autora apresenta, como característica literária, uma forte tendência presente nas três obras já escritas: embora não tenham o rigor da pesquisa acadêmica, elas apresentam relevantes aspectos regionais da sua cidade natal e abordam fatos históricos que marcaram a tradição brasileira, com destaque para a cultura do povo campista.

Com 28 anos de casada, Sara Rifer continua residindo com seu marido, Guilherme Alcy, em Campos dos Goytacazes (RJ), na companhia frequente de seu filho Túlio e sua nora Rafaela, e do pequeno Bernardo, o neto de dois anos – as pessoas que, até então, compõem o núcleo familiar que lhe transmite força e inspiração para escrever.

Peso (kg)
0,325